terça-feira, 21 de novembro de 2017

Vereador Príncipe pede informação da empresa J.L.B. Souza Comércio e Serviço sobre o pagamento de insalubridade dos prestadores de serviços

Na manhã desta terça-feira o Vereador Antônio Araújo, "Príncipe", 
apresentou um requerimento durante a Sessão na Câmara de vereadores de Tarauacá, no requerimento o Vereador estar pedindo informação ser a empresa J.L.B de Souza Comércio e Serviço -ME.

Estar fazendo o pagamento de insalubridade para os trabalhadores que trabalham na coleta de lixo, na limpeza das valas, capinha, e reparo nas ruas.

Para o parlamentar é importante que os direito dos trabalhadores sejam preservados.
Tk News

Vereador pede que Gladson Cameli abandone Las Vegas e passe a morar no Acre

Durante a sessão desta terça-feira (21), na Câmara de Rio Branco, o vereador do Podemos, Railson Correia, criticou o pré-candidato ao governo pelo Partido Progressista (PP), Gladson Cameli, e sugeriu que o senador abandone a vida no exterior e venha morar no Acre para conhecer a realidade local.

Railsson afirmou que Gladson deveria abandonar a vida em Las Vegas (EUA) e passar a conhecer a periferia das cidades acreanas.

O parlamentar de Rio Branco afirmou que é necessário que o pré-candidato da oposição conheça ao menos a periferia de Rio Branco para não incorrer no risco de errar o nome de bairros tradicionais da Baixada da Sobral durante os futuros debates.

“Que ele saia do conforto de Las Vegas e venha conhecer o Acre. Quer ser candidato que venha morar no Acre para debater os assuntos de interesse social, que ele venha conhecer tudo de perto para que não erre o nomes dos bairros da Baixada da Sobral”, diz.

As críticas de Railson a Gladson Cameli ocorreram após vereadores da oposição afirmarem que o pré-candidato da Frente Popular do Acre, Marcus Alexandre (PT), atual prefeito da capital, tem se dedicado apenas à pré-campanha eleitoral.

Goleiro acreano Weverton fecha com Palmeiras e é terceiro reforço para 2018

Campeão olímpico com a Seleção Brasileira, Weverton foi revelado pelo Corinthians

O Palmeiras fechou com o seu terceiro reforço para 2018. O goleiro Weverton, de 29 anos, vai defender o clube alviverde na próxima temporada. O acerto foi informado nesta segunda-feira pelo repórter Raphael Thebas, da Rádio Jovem Pan.
PUBLICIDADE

A única dúvida que ainda existe é sobre quando Weverton deixará o Atlético-PR. Ele tem contrato até maio de 2018 e já sabe que, no mínimo, reforçará o Palmeiras a partir de então. O clube alviverde, no entanto, quer adiantar a chegada e trabalha para contar com o arqueiro a partir de janeiro. Para isso, pode até oferecer alguma compensação financeira ao Furacão, que não ganhará nada se perder o jogador apenas em maio.
Weverton tem 29 anos e foi campeão olímpico com a Seleção Brasileira em 2016/Foto: reprodução

Weverton desembarcará na Academia de Futebol para fazer sombra a Fernando Prass, que tem contrato até dezembro, mas deve renovar por mais uma temporada. Além dele, o Palmeiras conta com Jaílson (36 anos e voltando de lesão) e Vinícius Silvestre (23 anos) para a posição.

Campeão olímpico com a Seleção Brasileira, Weverton foi revelado pelo Corinthians e rodou por Oeste, América-RN, Botafogo-SP e Portuguesa antes de explodir no Atlético-PR, clube que defende desde 2012.

Ele é o terceiro reforço alviverde para 2018 – além do goleiro, o Verdão já acertou as contratações do zagueiro Emerson Santos (Botafogo) e do lateral-esquerdo Diogo Barbosa (Cruzeiro).

O lateral-direito Rafinha (Bayern de Munique) e o meia Lucas Lima (Santos) seguem na mira.

Contilnet

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Moradores reclamam de omissão por parte da Prefeitura de Tarauacá. “Temos uma lagoa da Dengue” desabafa


A CARTA  ABERTA DOS MORADORES
Omissão da Prefeitura faz da Rua Teófilo Lessa bairro: Avelino Leal (Bairro novo) “Lagoa da Dengue” a um mês e quinze dias os moradores da rua Teófilo Lessa vem sofrendo com a rua alagada, depois que alguns terrenos foram aterrados na mesma rua à água da chuva não tem mais pra onde ser escoada, desde então a rua se transformou em uma lagoa, um verdadeiro criadouro de mosquitos a céu aberto.

Já acionamos secretária de obras varias vezes pelo WhatsApp, verbalmente e formalmente através de um requerimento feito pelo  atual vereador Lauro Benigno solicitando a construção de uma galeria para o escoamento da água e até agora não fizeram nada para solucionar essa situação.
Não estamos aqui querendo nenhum privilegio, nossa maior preocupação é com a nossa saúde e com uma rua digna de ser trafegada e não correndo o risco de ser infectados e contrair doenças como: a Esquistossomose e dengue por conta da irresponsabilidade da Gestão Pública.
Atenciosamente.

Moradores da Rua Teofilo Lessa.

domingo, 19 de novembro de 2017

TARAUACÁ: MULHER É ASSASSINADA PELO EX-COMPANHEIRO EM QUARTO DE HOTEL

Maria Aparecida de Olinda Souza, 38 anos, natural de Feijó, foi assassinada na noite deste sábado (18) em um dos apartamentos do Novo Hotel, localizado no centro de Tarauacá. A camareira do hotel a encontrou sem vida na manha deste domingo e acionou a Policia Civil. Policiais foram até o local, constataram que se tratava de um possível homicídio e logo saíram a procura do principal suspeito.

Raimundo Nonato Araújo Souza confessou o crime

O ex-companheiro de Aparecida, Raimundo Nonato de Araújo Souza, 51 anos, morador do Beco do Pires, Bairro Copacabana, foi preso no próprio bairro e confessou ser o autor do crime. Contou que Aparecida estava tentando reatar a relação que os dois tiveram durante muito tempo e estavam separados. Ontem a noite o casal se encontrou num dos clubes da cidade e combinaram que iriam para um um quarto de hotel. Lá conversariam e possivelmente recomeçariam uma nova vida. Raimundo disse que ao invés de amor, iniciaram mesmo foi uma discussão muito forte e chegaram a ir às chamadas vias de fato. Foi aí que ele a asfixiou até a morte, usando o lençol da cama do hotel.
O Delegado José Obetânio está cuidando do caso e Raimundo poderá ser enquadrado no crime de Feminicídio, que é o homicídio doloso praticado contra a mulher por “razões da condição de sexo feminino”, ou seja, desprezando, menosprezando, desconsiderando a dignidade da vítima enquanto mulher, como se as pessoas do sexo feminino tivessem menos direitos do que as do sexo masculino.
Portal Tarauacá