sexta-feira, 1 de maio de 2015

Beto Richa: Tirano Covarde promove massacre no Paraná


Mais de cem pessoas ficaram feridas pela repressão da polícia do governador do Paraná Beto Richa aos manifestantes que protestam desde o início da semana contra o projeto de lei que altera as regras de custeio da Paraná Previdência, no Centro Cívico, em frente à Assembleia Legislativa. O projeto promove perdas em direitos previdenciários do funcionalismo a pretexto de socorrer as finanças do estado. Os professores, em greve, estão acampados desde segunda-feira (27) no local.

Ambulâncias tiveram dificuldade de se aproximar para socorrer os feridos, uma vez que a Tropa de Choque da Polícia Militar fez um cordão para isolar o prédio da Assembleia e lançou bombas de gás lacrimogêneo, de efeito moral e jatos de água. Havia entre os feridos idosos, crianças e deficientes.
Durante a repressão violenta, a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou, por 31 votos a 20, em sessão nesta quarta-feira (29), o projeto do governo estadual para mudar a forma de custear a ParanaPrevidência.

Direção Estadual da APP-Sindicato