domingo, 31 de maio de 2015

O pau está comendo entre os líderes da oposição no Acre

briga_01
Bom dia! Boa tarde! Boa noite!
Quem for podre que se quebre. Os líderes de partidos de oposição no Acre estão provando que são verdadeiramente combativos. Quando eles não têm nenhum político de situação disposto a comprar uma brigas, os caciques oposicionistas brigam entrem si. O pau está comendo entre as principais líderes do bloco, desde que o tucano Márcio Bittar resolveu acusar o senador Gladson Cameli (PP), como um dos culpados pela sua derrota na disputa pelo governo do Acre. Bittar passou a questionar Cameli, logo após um deputado do PP retirar a assinatura do requerimento para criação de uma CPI para investigar os gastos com a BR-364.
O recado de Márcio Bittar para Gladson Cameli foi duro: “não sou cego e sei bem quem cruzou os braços no segundo turno, quem apareceu na foto ao mesmo tempo em que desmobilizava sua equipe. Quem pode mandar no dinheiro dos outros? Quem cruzou os braços tinha seus motivos, geralmente negócios de família com o governo do PT. Não sou a palmatória do mundo, mas a verdadeira oposição no Acre precisa avaliar até que ponto deve continuar sacrificando milhares em nome de algumas pessoas, que precisam ganhar um pouco mais de dinheiro”, disse o tucano em artigo publicado nos veículos de comunicação.
Não sei se este caso vai dar em alguma coisa. Em viagem pelo Japão, Gladson Cameli ainda não se pronunciou sobre as indiretas de Bittar. O blog até tentou, mas o progressista disse que precisaria primeiro conversar com os líderes do PSDB. Quem resolveu entrar na questão foi o prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB), marido de Antonia Sales, que foi candidata a vice-governadora na chapa de Bittar. “Olha, Márcio Bittar é um ingrato. Gladson pagou toda campanha dele é do Márcio. Gladson bancou do avião que rodava com os dois em todo estado até dispensas com candidatos a deputado estadual e federal”, diz Sales.
Sem medo de polemizar com os demais líderes de oposição, Vagner Sales chuta o balde e afirma que não faltou apoio para o tucano Bittar, nem no primeiro turno “e muito menos no segundo turno. O Gladson Cameli ficou comandando a campanha do Márcio Bittar no Vale do Juruá, comigo e com a Antonia Sales. Não podemos colocar a culpa no Gladson pelos eleitores não terem votado no Márcio. Ninguém manda na vontade do eleitor”. Vamos aguardar os próximos capítulos desta novela mexicana. Tudo indica que PMDB, apoiado pelo PP vai bater chapa contra o PSDB, em 2016. E segue entre tapas e beijos, o namoro da oposição.
Dicas de filmes
Este blogueiro quer contribuir com o fim de semana dos meus três leitores. Para um bom entretenimento, separei algumas dicas de filmes premiados que trazem uma ligeira lembrança com acontecimentos políticos no nosso querido Acre. Toda semelhança é mera coincidência. Divirtam-se, meus queridos leitores. Segue abaixo, as quatro ótimas opções de películas.
dica_01
nepotismoNepotismo cruzado
Nos próximos dias poderá explodir um escândalo de dois novatos na política. Espertamente, os dois estão fazendo uma troca e favores que envolve emprego para sogra, mãe e outros parentes. Para não configurar nepotismo, um acomoda a família do outra na estrutura política que comanda. Comentários de bastidores dão conta que a denúncia já chegou no Ministério Público Estadual (MPE). O engraçado é que estes novatos entram na política com um discurso moralizador na ponta da língua, mas na primeira oportunidade cedem aos encantos dos cargos públicos e da gorda verba que passa por suas mãos. Dou um doce para meus leitores adivinharem os nomes. Um usou remédio como bandeira, o segundo se apoiou no tratamento de uma grave doença.
ESTIOU_01

A campanha continua

O governador Sebastião Viana (PT) parece até que ainda não encerrou a campanha eleitoral. De olho nas eleições municipais, o petista mantém eventos para entregas de veículos, máquinas e títulos definitivos em diversas cidades do interior do Acre. No sábado (30), ele esteve no município de Tarauacá, onde entregou títulos de terra para agricultores. Viana avisa que “os benefícios para o homem do campo não ficarão apenas na titulação. Isso quer dizer que as famílias que tanto lutaram para conquistar e viver nessas áreas poderão passar agora suas terras para os filhos, depois para os netos, porque todos têm que ter direito ao bem pessoal. Agora o governo está contratando mais 250 novos técnicos agrícolas para fazer os projetos dos produtores que precisam de ajuda e que com o título em mãos podem conseguir um financiamento no banco”.
Minha sugestão para o governador é que reforce o trabalho de tapa buracos na cidade de Rio Branco, se não corre um sério da campanha para reeleição do prefeito portador do “novo”, poderá terminar no buraco. Sebastião Viana sempre atual como o segundo prefeito, chegou a hora de assumir novamente este posto.
eber_01Aproveitando a folga no campo
O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado estadual Eber Machado (PSDC) não para. O homem trabalha 24 horas por dia. Como ninguém é de ferro, o parlamentar resolveu passar este final de semana próximo da natureza. Machado vai passar o sábado e o domingo plantando macaxeira. Para não restar nenhuma dúvida, estamos postando a foto dele em atividade.
quebrado_01Mídia na base do fiado
Alguns atos políticos que aconteceram durante esta semana que se encerra foram executados na base do fiado. Alguns caminhões que foram apresentados para reforçar os trabalhos do setor produtivo ainda não foram pagos. De acordo com uma informação de um funcionário da empresa que vendeu os caminhões, eles foram repassados para que o evento de propaganda acontecesse, mas ainda não foram quitados pelo Estado. O funcionário da concessionária informa que o pagamento ainda não foi realizado porque o governo não tem o dinheiro da contrapartida. O Acre é mesmo modelo para quase tudo. Até a mídia na base do fiado foi criada na era do Estado modelo de economia sustentável para o mundo.
Dr. Rey quer ser senador pelo Acre e pela Paraíba
Robert Rey, conhecido mundialmente como Dr. Hollywood, que revelou ao governador do Acre, que acalenta o sonho de ser senador pelo Estado, também aplicou a mesma cantada em outra cidade brasileiras. Ele cogitou ser senador pela Paraíba, quando visitou a cidade de Campina Grande. Em 2014, Dr. Rey pleiteou uma vaga no PSC para concorrer ao mandato deputado federal pelo Estado de São Paulo. Em 2013, ele chegou a se comparar com o presidente Obama, ao fazer o lobby para disputar a Presidência da República. Será que ele acha mais fácil seduzir os acreanos com seu “portuglês” para alcançar seu sonho de poder? Seria um dobradinha interessante de Jorge Viana e Dr. Rey. Não faltariam cirurgiões plásticos para dar um jeitinho na cada de pau de alguns.
corta_01
Negociação avançada
As negociações para Dr. Rey ser candidato pela Frente Popular estariam bem avançadas. A informação é do presidente do PHS, Manoel Roque. Segundo Roque, as principais condições para a empreitada passam por duas cirurgias estéticas de dois cardeais petistas que sonham em ficar mais novos e mais bonitos. O dirigente partidário destaca ainda que as acondiçoes foram impostas porque é uma missão quase impossível, o Dr. Rey operar o milagre de deixar Francisco Nepomuceno, o Carioca e o assessor especial Dudé Lima, mais jovens e bonitos. Lima e Carioca querem rejuvenescer pelo menos 15 anos. Que é isso, novinhos?
 Por: Ray Melo - raymelo.ac@gmail.com