quinta-feira, 14 de maio de 2015

TARAUACÁ: PEDIDO DE CPI É BARRADO NA CÂMARA DE VEREADORES


Vereador Ezi Aragão - PT
Na sessão ordinária desta quarta feira, o Presidente da Câmara, Vereador Ezi Aragão do Partido dos Trabalhadores, se manifestou sobre o Pedido de Criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, apresentado na sessão de terça feira (12) pelos vereadores Mirabor Leite, Valdor do Ó, Janaina Furtado e João Moreira, para investigar indícios de irregularidades em contratos de locação firmados pela prefeitura.

O Presidente apresentou um parecer de sua autoria, declarando o arquivamento do pedido alegando desde irregularidades no documento apresentado como também sua inconstitucionalidade, já que, segundo ele, fere a Constituição do Município. 

"Nosso regimento interno exige a assinatura de 1 terços dos parlamentares, porém, a constituição municipal exige 2 terços e o regimento não pode da câmara não pode se sobrepor à nossa Lei maior Municipal", alegou o presidente. "Não vejo necessidade de abertura de CPI para tratar de assuntos já consumados, ou seja, fatos e falhas que foram reconhecidos e sanados pelo executivo municipal", finalizou Ezi.

O Vereador Mirabor Leite foi à tribuna da casa e disse que estava se sentido envergonhado em presenciar o presidente da câmara se comportando como advogado do prefeito. "Hoje é o dia mas vergonhoso que pude presenciar. Nós não somos advogados da administração e sim do povo que nos confiou o voto", desabafou.

De acordo com a vereadora Janaina Furtado (PSD) os parlamentares que apresentaram a CPI  vão insistir na criação da comissão e nas próximas sessões irão apresentar novo requerimento. "Agora é hora de fazermos uma análise desta situação toda para podermos agir com mais qualidade. A base do prefeito tá unida, mas, não vamos desistir", disse a vereadora.

As próximas sessões da câmara de vereadores prometem ser "quentes"

Fonte: Blog Acioly