quinta-feira, 21 de maio de 2015

TARAUACÁ: RODRIGO DAMASCENO PODE ABRIR MÃO DA REELEIÇÃO E 'BOTAR FOGO' NA CORRIDA ELEITORAL QUE SE AVIZINHA


Rodrigo Damasceno - prefeito de Tarauacá
TARAUACÁ - Muitas expectativas rondam o cenário político em Tarauacá, Uma cidade que respira política 24 horas, com vistas à eleição do ano de 2016, onde a população irá escolher o(a) próximo(a) prefeito(a) que substituirá Rodrigo Damasceno do Partido dos Trabalhadores e também os 11 vereadores da cidade. Especulações sobre os prefeitoráveis de 2016 é o que não faltam.

RODRIGO DAMASCENO - Um dos personagens importantes de nesse cenário é o atual prefeito Rodrigo Damasceno. Muito tem se falado a respeito de uma possível saída do médico do cenário politico do município. Recentemente, conversei com ele, que nos últimos dias anda esbanjando felicidade por conta do nascimento de Bernardo, seu primeiro filho, resultado da união com a jovem fisioterapeuta Úrsula Prado. Rodrigo está encantado com o garoto e com sensação de ser pai. 

Rodrigo com o filho Bernardo e a esposa Úrsula
BERNARDO - “Essa criança está me fazendo olhar mais para dentro de mim e ver como a vida é bela para ser vivida intensamente ”, disse ele. “Minha Vida Mudou. Dizem que levamos as características dos nossos Pais. Me falaram que meu pai era louco por mim quando em vida e minha mãe assim continua. Hoje penso todos os dias em você Bernardo. Espero que possa corresponder à altura o pai que você tanto merece”, escreveu numa rede social após o nascimento do filho. 

MENINO QUE VIROU PREFEITO - O menino que se formou em medicina aos 22 e se elegeu prefeito da sua cidade natal aos 28 anos, parece ter encarado essas duas vitórias com certa naturalidade. Porém, ao ser pai aos 31 anos, da a impressão que o cidadão Rodrigo Damasceno renasceu para o mundo. O cargo de prefeito estava lhe transformando em um sujeito resumido, meio frio, triste, centralizador, inquestionável e com a sensação de saber tudo que deveria acontecer na administração. 

RENÚNCIA - Já há alguns meses quando foi confirmada a gravidez da esposa, Rodrigo chegou a pensar até em deixar o cargo para poder se dedicar única e exclusivamente ao filho que ainda ia nascer. Junte-se a isso os problemas enfrentados pela gestão com as inúmeras alagações e os cortes nos recursos destinados ao município. Rodrigo me disse ainda que chegou a reunir a família, depois o partido e viajou para Rio Branco para dizer aos membros da cúpula da Frente Popular, que havia tomado a decisão de entregar o cargo. “Fui convencido a ficar, rever alguns pontos da nossa administração e cuidar mais da nossa cidade e do nosso povo como me propus na campanha eleitoral. E vou fazer isso até o último dia do meu mandato”, comentou.

FRUSTRAÇÃO - Rodrigo diz que sonhou em administrar a cidade e melhorar a vida do povo. "A gente pensa que vai resolver tudo facilmente. É impressionante. Fazemos a campanha eleitoral com um pensamento e um monte de sonhos na cabeça. Vamos até o povo pedir o voto e quando chegamos no governo cheios de sonhos e ideias, 'batemos de frente' com um sistema atrasado, viciado e muito 'bruto' nas relações com os demais poderes, iniciativa privada, grupos econômicos, políticos e religiosos, imprensa e com a própria sociedade civil organizada. Ou você se enquadra nesse jogo de interesses alheios aos anseios do povo ou não governa com tranquilidade, para efetivar as mudanças que deseja”, desabafou. 

CONTINUA - Rodrigo disse ainda que vai continuar trabalhando todos os dias, acordando cedo, dormindo tarde para concluir seu mandato com honra e dignidade. “Nunca usei nem vou usar o cargo de prefeito para me beneficiar e nem beneficiar terceiros”, falou o prefeito. Rodrigo ainda tem pela frente um ano e meio de mandato para trabalhar e firmar seus compromissos com a população. 

REELEIÇÃO - Perguntado se pretende se candidatar à reeleição, Rodrigo disse que primeiro vai pensar como terminar o mandato com muito trabalho e dedicação. “Quanto a eleição de 2016, no momento não penso em ser candidato. Tenho outras prioridades na minha vida. Pretendo levar esse debate primeiramente para minha família em seguida aos fóruns da PT e da Frente Popular”, finalizou.

Raimundo Accioly
Do Blog do Accioly