segunda-feira, 10 de agosto de 2015

TARAUACÁ: FARTURA DE PEIXE GARANTE ALIMENTO PARA POPULAÇÃO

Pescador fotorgrafado com esse Jaú
Em tempos de crise financeira que atinge diretamente o bolso de cada brasileiros, a natureza parece se manifestar para ajudar os mais humildes oferecendo compensações com alimentos em abundância. É o caso do que está acontecendo em Tarauacá com as grandes e repetidas "Piracemas" no principal Rio da Cidade. Peixes em grandes quantidades bem nos portos da cidade.



Pescadores em ação
O Servidor Público Valdir Nery resumiu esse sentimento em sua página na rede social. "A natureza é mesmo perfeita. "Passando muito peixe na terra do abacaxi. São peixes de muitas espécies. Peixes de couro ( jaú, surubim e mandi) e de escamas (piau, curimatâ). Muita gente no rio pescando. É ficar de olho para não estragar", disse ele.


foto ilustrativa

Piracema é um fenômeno que ocorre com diversas espécies de peixes ao redor do mundo. A palavra vem do tupi e significa “subida do peixe”. O processo recebe esse nome porque, todos os anos, eles nadam rio acima para realizar a desova. Durante a piracema, os peixesnadam contra a correnteza. Esse processo é extremamente importante para o sucesso reprodutivo, uma vez que o esforço físico aumenta a produção de hormônios e causa a queima de gordura. Os testículos dos peixes machos nesse período aumentam de tamanho, ficando repletos de sêmen. No momento da fecundação, que ocorre externamente, a fêmea lança óvulos na água, enquanto o macho lança os espermatozoides diretamente sobre eles. Após esse momento, os peixes descem novamente o rio. Vale destacar que ovos e larvas também fazem a viagem no sentido contrário ao da piracema enquanto amadurecem. No nosso país, esse processo ocorre nas épocas de chuvas de verão, que causam o aumento do nível dos rios. Nessa época também ocorre um aumento da temperatura da água e do ar.



Por: http://acciolytk.blogspot.com.br/