segunda-feira, 14 de setembro de 2015

TARAUACÁ PARTICIPA DA 2ª CONFERÊNCIA INTERMUNICIPAL DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES



A Conferência foi realizada na última quinta-feira, 11, no auditório do Centro de Educação Permanente (CEDUP), do município de Feijó, contando com a participação de representantes de Tarauacá e Feijó.



Mais Direitos, participação e poder para as Mulheres. Esse foi o tema da conferência.




Acompanhado da Secretária de Políticas para as Mulheres, Concita Maia, o prefeito de Tarauacá Rodrigo Damasceno participou da cerimônia de abertura da Conferência e disse que o município deu total apoio para a realização do evento, de suma importância para as mulheres. “A conferência é um espaço democrático, onde as demandas e reivindicações são apresentadas para se transformarem em propostas. Sabemos que ao longo dos anos muitas foram as conquistas das Mulheres, porém, ainda falta muito, por isso, as políticas públicas estão sendo trabalhadas”, comentou.




A gestora da SEPMulheres, Concita Maia, destacou a participação das mulheres negras e indígenas das tribos Kaxinawa e Yawanawá que, segundo ela, deram destaque e visibilidade ao evento. “As conferências são momentos especiais para ouvirmos as mulheres. A ideia é pautar na agenda nacional a realidade das mulheres acreanas.”





Para a Coordenadora Municipal de Políticas para as Mulheres de Tarauacá, Yonara Machado a conferência tem uma importância grande porque é um espaço onde as mulheres têm vez, voz e participação. “Com certeza esse debate não é em vão e vai gerar muitos frutos futuramente”, ressaltou.




Representantes de vários segmentos estiveram presentes: Mulheres indígenas, vereadoras, presidentes de Bairros, lideranças comunitárias, dentre outras. As propostas elaboradas na conferência serão apresentadas na fase estadual da conferência.



Ao todo, cinco delegadas e quatro suplentes foram eleitas para representar Tarauacá. Os encontros municipais se encerram no dia 28, e no mês de novembro será realizada a conferência estadual, dentro da programação de quinze dias de ativismo das mulheres no enfrentamento da violência.





Assecom Tarauacá