terça-feira, 20 de setembro de 2016

Cabo eleitoral é preso em flagrante pela PF ao trocar gasolina por votos em Cruzeiro


A Polícia Federal prendeu em flagrante o professor A. A. S, de 27 anos, que estava distribuindo combustível para abastecer motocicletas de terceiros em suposta troca de apoio político. O flagrante ocorreu na última sexta-feira (16), em Cruzeiro do Sul.

A abordagem policial foi realizada em um posto de gasolina localizado na Avenida Coronel Mâncio Lima, no momento em que as motos estavam sendo abastecidas.

O cabo eleitoral foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal, e autuado em flagrante pelo crime previsto no Art. 299 do Código Eleitoral.

No dia seguinte, ele foi liberado após o pagamento de fiança, estipulada no valor de 10 salários mínimos.


A FOLHA DO ACRE