quarta-feira, 26 de outubro de 2016

FPA DE TARAUACÁ PEDE A CASSAÇÃO DO REGISTRO DE CANDIDATURA DE MARILETE E CHICO (55) POR COMPRA DE VOTOS E ABUSO DE PODER ECONÔMICO


A coligação da FPA I de Tarauacá representada pelo advogado Emerson Soares Pereira ingressou na 5ª zona eleitoral, no dia 13 de outubro, com uma ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) contra a coligação Avança Tarauacá I, que teve como candidatos ao cargo do executivo Marilete Vitorino (PSD) e Chico Batista (PP), prefeita e vice, respectivamente.

A chapa saiu vitoriosa das urnas no dia 02 de outubro. A representação está registrada com o Nº 275-39.2016.6.01.0005. A FPA pede que a chapa vencedora tenha o registro de candidatura cassado, cassação do diploma em caso dos eleitos já tenham sido diplomados e a aplicação de multa, por ter cometido crime eleitoral de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico. Segundo consta nos autos, a então candidata Marilete Vitorino dou um tatame para uma academia de lutas maciais ( Jiu-Jitsu) no valor de oito mil reais em troca de votos.

O advogado sustenta ainda que Marilete fez promessa de doar quarenta litros de gasolina para um eleitor serrar a madeira de sua residência. Além de apoiadores da coligação terem feito doações de combustíveis como forma de pagamento por votos.

Fica aberto o espaço para os candidatos, ou o representante jurídico da coligação comentar o caso. Eles não foram ouvidos porque este Blogueiro não dispõe do contato dos candidatos.

Por Leandro Matthaus