sexta-feira, 28 de outubro de 2016

TARAUACÁ: Festival Yawa homenageia Cacique Biraci Brasil


Cultura, espiritualidade e tradição. Tudo reunido da 15ª edição do Festival Yawa, que se iniciou na ultima terça-feira, 25, e se encerra no próximo domingo, 30.

O evento realizado na Aldeia Nova Esperança, localizada na Terra Indígena Yawanawa do Rio Gregório, neste ano homenageia o cacique Biraci Brasil, conhecido em sua língua tradicional como Nixiwaka.

A festa, que conta com a participação de todo o povo Yawanawa e demais povos indígenas do Acre, recebe apoio do governo do Estado.

Cerca de 80 turistas, entre brasileiros e estrangeiros, também participam do evento, é o que explica o coordenador-geral do Festival Yawa, Junior Yawanawa.


Festa conta com a participação de todo o povo Yawanawa (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

“Em decorrência da sua história de luta, da construção da Aldeia Nova Esperança, palco do nosso festival, decidimos homenagear a nossa liderança, o cacique Nixiwaka. Ele, junto a outras lideranças e parentes, lutou para manter viva a nossa tradição e cultura”, explicou Junior Yawanawa.

Um dos primeiros da Região Norte, o Festival Yawa tem uma programação recheada de brincadeiras, danças e tantos outros ritos tradicionais. São cinco dias e cinco noites de vivência no meio da floresta amazônica.

Junior Yawanawa ressalta que, nesta edição, a festa tem cunho familiar, por isso o número de convidados foi reduzido. “Por ser uma festa em homenagem ao nosso cacique, priorizamos o nosso povo. Estamos recebendo poucos convidados, se comparado aos anos anteriores”.

Festivais indígenas


Fortalecimento da cultura indígena é uma política de governo (Diego Gurgel/Secom)

O Acre é um dos estados amazônicos que abriga parte da diversidade dos povos indígenas brasileiros. O fortalecimento da cultura indígena é uma política de governo, que tem resultado no aumento do número de festivais promovidos pelos povos indígenas.

Só este ano, já foram realizados nove festivais nas regiões do Vale do Juruá e Tarauacá/Envira, com o Festival Yawa. Todos contam com o apoio do Estado.

Segundo a secretária de Estado de Turismo e Lazer, Rachel Moreira, os festivais compõem o calendário oficial de eventos do Estado.

“Temos investido no fortalecimento e consolidação dessas festividades culturais. Na Aldeia Nova Esperança, construímos as pousadas, específicas para a acomodação de turistas, por meio de recurso oriundo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social [BNDES]”, frisou.

Para o assessor indígena do Estado, Zezinho Yube, os festivais são importantes, pois, a partir deles, veem-se o encontro, a união dos povos indígenas da região e também de outras regiões. “O fortalecimento cultural é muito forte, já que o evento reúne dança, culinária, bebidas, pajelanças e outras atividades relevantes do nosso povo”, afirmou.

Veja as belas fotos AQUI