segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Marilete entra com mandado de segurança para impedir a posse dos concursados da Educação

No ultimo dia (17) Marilete e Chico Batista entraram com mandado de segurança para tentar barar a posse dos candidatos aprovados e convocados para a posse do concurso da Educação.

No mandado a coligação "Avança Tarauacá" pede a suspensão imediata da posse marcada para o próximo dia (29) Dezembro, Marilete culpa a crise como ator principal e argumenta que já fez reunião com os concursados para informar da sua decisão. A reunião que ela se refere é uma reunião convocada pela vereadora Janaina Furtado que aconteceu no auditório do Sinteac na última semana.
No despacho o juiz de Direito Guilherme Aparecido negou a liminar e optou por pedir informações ao prefeito Rodrigo Damasceno para obter mais informações para tomar a decisão definitiva.

Para o prefeito Rodrigo "Não há motivo para cancelar a posse dos aprovados já que estamos substituindo os provisórios por definitivos, parabéns aos que conquistaram por mérito a sua vaga. Sou a favor do concurso público e da posse dos aprovados e convocados" afirmou Damasceno.

Após ser pressionada pela opinião pública, janaina em sua página no Facebook escreveu. "Defendo que todos sejam contratados no próximo dia 20 de dezembro como manda decisão do juiz.
Sou contrária à prorrogação da posse. Professores e cargos administrativos podem continuar contando com meu apoio. Disso eu não abro mão. Desculpem o desabafo. Eu sou Janaina Araújo Furtado. Mãe, professora e vereadora reeleita pela população de Tarauacá".

A decisão do juiz em primeira instância mostra que não há motivo para ser barrado a posse dos candidatos convocados.

APELO EM PROL DO CONCURSO

agora chegou a hora da vereadora Janaina e o seu partido como os demais vereadores eleitos defender os professores e funcionários administrativo que estão sendo prejudicados pela prefeita eleita.

Por: Blogger do voz de ouro