quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Avião de passageiros cai no norte do Paquistão, diz agência, mais de 40 pessoas a bordo

G1.Globo
Um avião da companhia Pakistan International Airlines (PIA) caiu após decolar da região de Chitral, no norte do Paquistão, nesta quarta-feira (7), segundo a agência Reuters e a rede britânica BBC.

Mais de 40 pessoas estavam a bordo da aeronave que seguia para Islamabad, segundo relato de um policial reproduzido pela Reuters. Junaid Jamshed, uma estrela pop paquistanesa convertida em clérigo muçulmano, estava no voo, também de acordo com a Reuters.

Laiq Shah, um representante da polícia na província de Khyber-Pakhtunkhwa, declarou à Reuters por telefone que o avião havia caído perto da cidade de Havelian (a 70 km da capital Islamabad). O resgate estava a caminho do local do acidente.

O voo PK-661 tinha perdido o contato com controladores de tráfego aéreo na tarde de quarta-feira (no horário local).

No passado, a empresa já foi acusada de falhas de segurança, de acordo com a BBC.

O porta-voz da companhia aérea, Danyal Gilani, divulgou em sua conta no Twitter que a aeronave tinha desaparecido e que todos os meios para localizar avião tinham sido mobilizados. Telefones de emergência foram colocados de prontidão para mais informações. A informação da Reuters de que o avião caiu não foi divugalda pela empresa.
O músico paquistanês Junaid Jamshed (Foto: Reprodução/Twitter/@JunaidJamshedPK)
Estrela pop

Junaid Jamshed, uma estrela pop paquistanesa convertida em clérigo muçulmano, estava a bordo de uma aeronave. Um funcionário da PIA em Chitral afirmou à Reuters que ele está entre os passageiros. Não se sabe seu estado de saúde.

Ele ficou famoso nas décadas de 1980 e 1990 como o cantor do grupo de rock Vital Signs. Mais tarde, lançou uma carreira solo.

Jamshed deixou a carreira musical em 2001, quando anunciou que estava se dedicando ao Islã. Ele se dedicou à organização religiosa conservadora Tableeghi Jamaat.