quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Bandido morre e PM fica ferido durante troca de tiros em Rio Branco, vídeo mostra o bandido sendo morto


Um jovem morreu após trocar tiros com um policial militar. A PM informou que ainda não sabe ao certo o que aconteceu, mas disse que o jovem estaria tentando assaltar ou executar uma mulher que estava parada no semáforo. O policial, que estava em um carro atrás teria dado voz de prisão, e o assaltante teria revidado.
saiba mais

O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira (15) na rua José Gomes de Freitas, no bairro Macarenhas de Moraes, em Rio Branco, em frente da Policlínica da PM. O jovem morreu ainda no local do crime. O policial foi atingido na região do abdômen e está em estado grave. Ele foi encaminhado para a Policlínica da PM. O corpo do menino foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde deve ser identificado.

De acordo com a polícia, ao ver o assaltante armado, o policial, que não teve a identidade revelada, sacou a arma e disparou contra o jovem. Testemunhas que estavam no local relataram que foram disparados ao menos cinco tiros.

Um homem morreu e policial ficou ferido após troca de tiros na manhã desta quinta-feira (15) (Foto: Quésia Melo/G1)

O comandante da PM, coronel Júlio César, diz que o policial estava dentro de um carro quando viu o assaltante sacando a arma. "O policial deu voz de prisão, o assaltante revidou atirando. O PM saiu do carro e começou uma troca de tiros. O PM foi atingido e caiu no chão atirando", disse.

Como o local tem muitas câmeras de segurança, o coronel acredita que as imagens devem esclarecer o que de fato ocorreu.

"O local é coberto de câmeras, então, o modo como tudo aconteceu vai poder ser verificado de maneira mais clara. Até agora o que sabemos é que a pessoa que foi a óbito estava atentando contra a vida de outra e o policial fez a defesa. Pelo que colhi até agora, foi um ato heróico do PM. Os médicos da policlínica disseram que ele ainda não está estável e inspira cuidados. Foi atingido no abdômen e está tendo hemorragias, mas esperamos que se recupere", finaliza.

G1-Acre