segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

PREFEITO DE SANTA ROSA DO PURUS ÍNDIO VALDEMAR VISITA TARAUACÁ

Carlos Voz de Ouro de blusa preta, Benedito Kaxinawá (Bené) blusa vermelha e Valdemar Kaxinawá
Neste Sábado (17) de Dezembro o prefeito de Santa Rosa índio Valdemar Kaxinawá visitou o município e conversou com a redação do Blog do Voz de Ouro, ele estava acompanhado do Cacique geral da Terra do Carapanã José Benedito Kaxinawá (Bené).

Perguntado como estava às finanças da prefeitura ele respondeu, “Olha na medida do possível agente deu uma arrumada, tinha vários meses de salario atrasado quando eu assumir paguei os salários e estamos mantendo a prefeitura daquele município como manda a lei”.

O desafio e grande porem de curto período já que no dia primeiro de Janeiro Valdemar estará entregando a prefeitura para o prefeito Eleito que estará assumindo. “A partir de Janeiro terei uma vida normal longe da politica, meu mandato vence no final do mês, eu concorri às eleições mais não tive êxito então vou cuidar da minha vida e da minha Família” afirma Valdemar.

Entenda por que Valdemar se tornou prefeito

Uma decisão do desembargador Roberto Barros, do Tribunal de Justiça do Acre, determinou e a Câmara de Vereadores de Santa Rosa do Purus, que fosse empossado o índio Valdemar Kaxinawá no cargo de prefeito da cidade.

Kaxinawá, vice-prefeito do município, assumiu o lugar de Rivelino Mota, afastado pela justiça acusado de participar de um esquema fraudulento que desviou R$ 2 milhões do cofres da prefeitura.

Mota passou quase dois meses presos e ganhou a liberdade, porém, a justiça determinou seu afastamento do cargo.

Depois de receber o documento do TJ, a mesa diretora da Câmara empossou o vice Valdemar que vai ficar menos de dois meses no cargo, porque em janeiro, o novo prefeito eleito assume a administração do município.