quinta-feira, 9 de março de 2017

MOISÉS DINIZ COMEMORA VITÓRIA DA JUVENTUDE SABATISTA NO ENEM


O deputado federal Moisés Diniz (PCdoB) liderou a proposta de mudança nas provas do ENEM, envolvendo a bancada acreana e parlamentares de outros Estados e também líderes adventistas e judeus.

“Estivemos três vezes com o ministro da Educação, Mendonça Filho, tratando da proposta de retirar o sábado das provas do ENEM e a última, com a presença da bancada acreana e de líderes nacionais dos adventistas e dos judeus, ele anunciou que haveria a mudança”, informou Moisés.

Moisés diz que a vitória não é apenas dos jovens sabatistas, que se livraram do constrangimento de ficar de 6 a 8 horas confinados, antes de fazer a provas.

“Os 8 milhões de jovens brasileiros terão uma semana de intervalo para estudar com mais foco, na primeira semana estudarão para conhecimentos gerais e na segunda estudarão para matemática, linguagens e redação”, argumenta o deputado acreano.

Moisés diz que seguirá o processo para aprovação da lei na Câmara Federal, que exclui o sábado das provas do ENEM, por entender que ministros e governos mudam e podem mexer nessa decisão.

“Vamos, agora, trabalhar para que os dois domingos tornem-se lei na aplicação das provas do ENEM e nunca mais jovens sejam constrangidos por causa de sua convicção religiosa”, finalizou.

O parlamentar do PCdoB diz que, além da atuação de líderes sabatistas nacionais, foi importante o papel da bancada do Acre, como o senador Sérgio Petecão (PSD) e os deputados Léo de Brito (PT), Jéssica Sales (PMDB), major Rocha (PSDB) e Alan Rick (PRB).
 
Assessoria