quinta-feira, 16 de março de 2017

Tião Viana diz que nunca se encontrou com Marcelo Odebrecht e que está longe dessa “podridão”

Ao tomar conhecimento que seu nome está na Lista do procurador-geral da república Rodrigo Janot, enviada nesta terça-feira, 14, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que os ministros decidam pela abertura de inquérito na Lava Jato, o governador Sebastião Viana divulgou nota em suas redes sociais se defendendo das supostas acusações dos executivos da Odebrecht. A acusação divulgada até o momento é que Viana teria recebido R$ 300 mil em forma de caixa 2 na campanha de 2010.

LEIA MAIS:

“Neste momento dantesco da vida nacional, parece que nenhuma linha fina separa a honra da desonestidade. Tenho um histórico de combate à corrupção como ativista político, senador da República e governador do Acre. Defendo a apuração de qualquer fato suspeito e a punição de qualquer um que tenha culpa provada. Portanto, também tenho integridade, coerência e coragem para não aceitar a sanha condenatória de setores poderosos que destroem reputações tomando apenas a delação interessada de corruptos apanhados no crime”, relatou o governador do Acre.

Sobre a construtora Odebrecht, Sebastião informou que a empreiteira Odebrecht nunca realizou obras no Acre e que jamais se reuniu com presidente da empresa, Marcelo Odebrecht, ou com nenhum outro executivo envolvido na Lava Jato.

O governador lembrou um outro processo que tentaram envolver seu nome. “Uma outra canalhice já tentou envolver o meu nome em ataque semelhante, mas o Superior Tribunal de Justiça reconheceu a minha inocência por unanimidade e a Procuradoria Geral da República pediu o arquivamento do caso. As contas das minhas campanhas são públicas e foram aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral”, enfatizou.

“Confio na Justiça, defenderei a minha honra com determinação e tomarei todas as medidas judiciais cabíveis contra os delatores da calúnia e os propagandistas da desonra. Indignado, mas de consciência tranquila, reafirmo: estou longe dessa podridão, essa podridão está longe de mim.”, finalizou o Sebastião.

Ac24Horas