quarta-feira, 26 de abril de 2017

Com a decisão do STF, Feijó terá aumento de terras e populacão

O Supremo Tribunal Federal encerrou uma disputa judicial por território que se arrastava há 17 anos entre Amazonas e Acre.

Definitivamente, o território do Estado do Amazonas encolheu na disputa por áreas de fronteira com o Acre. Foram perdidos 1.184 quilômetros quadrados para os acrianos.

Seis municípios no Sul do Amazonas foram atingidos: Envira, Guajará, Boca do Acre, Pauini, Eirunepé e Ipixuna. O processo não é novo. A oficialização da nova linha demarcatória entre os dois estados já se arrastava desde 1996.

As populações que de uma hora para outra passam a ser acrianas. Estima-se que a medida alterou a naturalidade de mais de 10 mil até então amazonenses.
Por Mário Célio