segunda-feira, 19 de junho de 2017

FPA ainda não tem “um” nome definido para concorrer ao governo do Acre, diz Jorge Viana

Sobre boatos  de que tenha acontecido uma definição em nome de Marcus Alexandre Viana, como o pré-candidato da Frente Popular do Acre ao cargo de governador nas eleições de 2018: O senador Jorge Viana, do PT negou tal boatos “foi uma reunião para demostrar nossa unidade, não para definição do nome de quem vai concorrer; essa definição deve acontecer em setembro, quando o governador [Sebastião Viana] fechar este processo”, disse, ao informar sobre uma nota que distribuiu a imprensa.

NOTA A IMPRENSA
A Frente Popular tem uma bonita história política no Acre e em muitos municípios do estado, incluindo a capital. Neste momento, iniciamos um processo, liderado pelo governador Tião Viana, de organização da FPA, visando as eleições do ano que vem.

Temos quatro nomes como candidatos ao governo: a vice-governadora Nazaré; Emilson Farias; o presidente do PT, deputado Daniel Zen; e o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre.

O governador Tião Viana propôs um calendário de discussão com a colaboração dos partidos da Frente Popular. A partir de um conjunto de encontros e reuniões, esperamos chegar em setembro unidos e com o melhor nome definido.

Também estamos trabalhando para que tenhamos uma boa estratégia em eleições fundamentais: a da Câmara dos Deputados e da Assembleia Legislativa.

Eu e o deputado Ney Amorim, assim como os demais presentes na reunião, reafirmamos nossa confiança na condução desse processo pelo governador Tião Viana e também pelos líderes partidários, incluindo PSB, PC do B e o meu partido, o PT. Essa e outras reuniões só têm um propósito: a união da Frente Popular e o fortalecimento do nosso projeto, que tem mudado para melhor o nosso Estado e a vida do nosso povo.

Sou mais um ajudador nesse processo.
Jorge Viana