sábado, 24 de junho de 2017

Governo entrega Centro Socioeducativo no município

O governador Tião Viana esteve em Feijó na manhã desta sexta-feira, 23, onde entregou o Centro Socioeducativo ,o município. Uma unidade nova, moderna e adequada, que recebeu um investimento de R$ 5,6 milhões para a recuperação de jovens em conflito com a lei.

Com a entrega, o governo reforça seu sistema socioeducativo com a reforma das instalações em Rio Branco e a construção da unidade de Brasileia.

“Mesmo num período de crise, com o pouco que temos, fazemos muito pelo sistema socioeducativo. O inimigo do Estado hoje é o narcotráfico e precisamos de um combate para não perder nossos jovens para a criminalidade. O Brasil parece viver apenas uma onda de repressão à violência, mas aqui no Acre fazemos questão de também investir pela recuperação”, disse Tião Viana.

Segundo o diretor-presidente do Instituto Socioeducativo (ISE), Rafael Almeida, 41 jovens estão hoje em cumprimento de medidas, sendo a unidade de Feijó responsável por também abrigar socioeducandos de Tarauacá.

Com a nova instalação, o ISE poderá agora investir em ações como o projeto Som da Liberdade e práticas esportivas para a recuperação dos adolescentes.

“É trazer dignidade e oportunidade para os jovens, além de todo um conforto para nossos servidores e um espaço para o reencontro familiar. Tudo isso porque vivemos uma nova era no ISE, graças à sensibilidade do governador Tião Viana, que sabe que não podemos perder os jovens para o crime”, conta Almeida.
União de esforços
Investimento no Centro Socioeducativo foi de R$ 5,6 milhões para recuperação dos jovens (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

Participaram da solenidade de entrega do Centro Socioeducativo, parlamentares parceiros das atividades do sistema como o presidente da Assembleia Legislativa do Acre, Ney Amorim, e o deputado estadual Daniel Zen.

O deputado federal Leo de Brito conseguiu recentemente a liberação de uma emenda de R$ 100 mil para o ISE. “Aqui é dar uma segunda chance para jovens que erraram. É ressocializar para que eles tenham uma oportunidade”, ressalta.

Parceiros do judiciário também estiveram presentes, entre membros do Tribunal de Justiça do Acre e Ministério Público. O juiz da Vara da Infância e da Juventude da região, Marlon Machado, destacou a importância de uma unidade que atenda a região.

“Com a construção desse novo centro, vamos poder desempenhar um trabalho melhor, com educadores e psicólogos, para que esses jovens reflitam sobre a vida e possam fazer novas escolhas”, disse o magistrado.

Secom/Acre