quarta-feira, 28 de junho de 2017

Ministério da Cultura e AkzoNobel se apresentam em diversas cidades do Acre

“Que bom que você veio”
Sucesso por onde passa, o espetáculo será apresentado gratuitamente em Acrelândia, Capixaba, Xapuri, Assis Brasil, Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó, Tarauacá,Rodrigues Alves e Mâncio Lima.

Em julho e agosto, diversas cidades do Acre receberão o divertido espetáculo circense “Que bom que você veio", dirigido por Herman Gene (Espanha) e encenado pela atriz Rose Battistella. A peça conta a história da atrapalhada palhaça Ximbica Lu Sandra da Silva, que está à procura de seu grande amor. Entre palhaçadas, magias, truques e números circenses, ela já viajou o mundo e desbravou os lugares mais distantes, mas até então não encontrou seu príncipe encantado. Será que ela vai encontrar o que tanto procura no meio do público? Só assistindo para descobrir!!!!

Patrocinado pela empresa AKZONOBEL através da Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet), do Ministério da Cultura, o projeto contempla apresentações em cinco estados do Norte e Centro Oeste do país, circulando por 50 cidades no total. No Acre, foram escolhidas as cidades de Acrelândia, Capixaba, Xapuri, Assis Brasil, Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó, Tarauacá,Rodrigues Alves e Mâncio Lima. Em seguida o espetáculo será apresentado no Mato Grosso doSul.
O espetáculo "Que Bom que você Veio" estreou em 2014 e já percorreu mais de 30 mil km, rodando por Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Maranhão, Minas Gerais e São Paulo. “Nosso objetivo principal é levar arte a pessoas que vivem distantes dos grandes centros, que não tem oportunidade ou não conhecem o que é teatro.”, diz Rose Battistella, que desenvolveu este projeto pensando em levar arte gratuita para cidades menos favorecidas, com renda média abaixo do IBGE. "Que Bom que você Veio" teve seu roteiro pensado entre a atriz Rose Battistella e Hernán Gené, que a dirigiu em Madrid. A preocupação maior sempre foi criar uma obra simples, divertida, que pudesse ser apresentada em qualquer espaço, rua, praça, escola, salão de comunidade ou num teatro italiano. Como o espetáculo tem muita interação com o público, ele se sente parte do mesmo, e essa troca aproxima as pessoas da comunidade. Em todas as apresentações o público vai construindo a história com a palhaça Ximbica, e passa por vários sentimentos e sensações: com os números de magia, tem reações de espanto, de riso, de compartilhamento de sua ingenuidade e de seu romantismo.

Importante citar que o projeto se realiza com o apoio do Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, e conta com patrocínio da empresa AkzoNobel

Confira as cidades onde a peça estará:
Acrelândia 30 de Junho
Capixaba 03 de Julho
Xapuri 05 de Julho
Assis Brasil 07 de Julho
Sena Madureira 01 de Agosto
Manoel Urbano 02 de Agosto
Feijó 03 de agosto
Tarauacá 04 de agosto
Rodrigues Alves 07 de agosto
Mâncio Lima 08 de agosto

Ficha Técnica:
Direção: Hernán Gené
Elenco: Rose Battistella
Preparação Mimica: Carolina Bonfanti
Preparação Vocal: Eric D’Avila
Preparação Circense: Adriano Bitu
Preparação Musical : Ângelo Alves
Concepção de Cenário e Figurinos: Hernán Gené e Rose Battistella
Aderecista: Paulo César de Oliveira
Costureira: Wilma Rocha
Contra Regra: Diego Borges
Fotografia: Livia Fernandes
Manutenção de Blog: Unidesign
Designer gráfico: Leo Wyllyan
Agradecimentos: Fran Caye (Munique), Carolina Bermúdez ( Madrid), Pururuca Records.
Administração Financeira e Sonoplastia: Tiago Zanella
Realização e Logística: Rose Battistella e Tiago Zanella
Captação de Recursos: Núcleo Cultural -SP
Assessoria de Imprensa: Moretti Cultura e Comunicação