segunda-feira, 24 de julho de 2017

Acusados de tráfico de drogas peruanos são baleados em confronto com a polícia

Dois peruanos suspeitos de tráfico internacional de cocaína foram baleados na noite de ontem, 20, durante uma operação feita pelas polícias Federal e Militar. A abordagem ao veículo ocorreu por volta das 19h30, no Ramal do Havaí, no município de Mâncio Lima (a 36 quilômetros de Cruzeiro do Sul). Segundo o comando da PM na região, a dupla respondeu a tiros à ordem de parada, e ambos foram alvejados. A direção do Hospital do Juruá, onde os peruanos receberam tratamento médico, informou que os acusados passaram por cirurgia e apresentam quadro clínico estável.

Segundo o major N. Jorge, que responde interinamente pelo comando da Polícia Militar no Juruá, um terceiro suspeito conseguiu se evadir durante o tiroteio. A polícia não descarta a participação de outras pessoas na organização criminosa.

N. Jorge disse ainda que no veículo dos suspeitos foram encontrados cerca de 10 quilos de cocaína, uma espingarda calibre 16, um revólver 38, balança de precisão e uma granada – artefato utilizado em combates militares.

A Polícia Militar será sempre parceira das instituições de segurança pública que queiram inibir a práticas de crimes na região. Além disso, continuamos com o policiamento preventivo. Hoje pela manhã, por exemplo, tínhamos 13 pontos de abordagem nos bairros em que as nossas análises estatísticas revelam uma maior incidência de crimes”, afirmou.

N. Jorge fez questão de ressaltar que os suspeitos receberam tratamento médico adequado assim que cessou a troca de tiros.

Como o Brasil é signatário dos tratados internacionais, somos obrigados a obedecer o código de conduta dos encarregados da aplicação da lei. E toda vez que houver enfrentamento policial com vítimas lesionadas, a polícia deve prover os meios necessários para reduzir ao máximo os danos causados ao contraventor”, assegurou o major.
Por: Archibaldo Antunes