segunda-feira, 24 de julho de 2017

'Parece que ainda vivemos no século passado" diz vereadora Janaína Furtado de Tarauacá

Ha cerca de duas semana a vereadora Janaína Furtado foi convidada pelos moradores para uma reunião com a comunidade da Rua Chicão Mezer, no Bairro da Praia. As dezenas de famílias do local, pagam seus impostos porém, não estão recebendo os serviços essenciais que a legislação obriga Estado e Município a oferecerem. “Eles não têm rede de água, rede de energia e nem rua pavimentada. São direitos básicos garantidos em lei que são negados a esses tarauacaenses”, explica Janaina.

No encontro com a comunidade, a vereadora firmou compromisso em lutar e buscar junto aos poderes públicos do Estado e do Município, a resolução desses problemas.

É uma vergonha que essas governos não cuidem das famílias tarauacaenses em diversos bairros da cidade. Povo passando por privações sem receber os serviços essenciais que devem ser lhe oferecidos. Mães de famílias lavando roupas e bebendo água do rio como há 10, 20, 30 se fazia. Famílias tendo que comprar 100 ou 200 metros de fios pra poder ter um bico de luz elétrica em suas casas. Tendo que andar na lama com crianças nos braços pra deixar na escola porque não tem rua pavimentada. Parece que estamos no início do século passado. Muito vergonhoso isso”, desabafou a vereadora.

Depois da reunião a Vereadora Janaina Furtado foi conversar com o DEPASA, ELETROACRE E SECRETARIA DE OBRAS. “Conversei com Alex do Depasa sobre a água e com o Secretário Municipal de Obras Yan Silva sobre a rua. Estou aguardando um posicionamento mais contundente desses órgãos” destacou a vereadora.
Na Eletroacre, a vereadora conversou com Suleiman Fernandes que responde provisoriamente pela empresa e o mesmo entrou em contato com a diretoria em Rio Branco e, para alegria da parlamentar, foi autorizado a instalação da rede elétrica da referida rua.

Na última quarta feira (19), a vereadora voltou a se reunir com a comunidade. Dessa vez, com a presença dos homens da eletroacre, para anunciar o início da instalação da rede de energia do local. Sexta feira (21) a empresa começou o serviço de instalação dos postes e da fiação da rede elétrica da comunidade.

Agradeço a direção da eletroacre, por entender a necessidade e atender o pedido da população. Falta agora a água e a rua. Eu já avisei. Esses são direitos fundamentais do povo e que se não forem garantidos num curto espaço de tempo, teremos que tomar outras atitudes. Isso inclui manifestações populares e ações na justiça para que os governos forneçam os serviços essenciais para o povo”, finalizou a vereadora.
(Assessoria)