segunda-feira, 17 de julho de 2017

Primeira turma de Administração Pública de Tarauacá cola grau

Uma grande festa marcou a solenidade de colação de grau dos acadêmicos do curso de Bacharelado em Administração Pública de Tarauacá, na noite da última quarta-feira, 12. A turma é a primeira da região a se formar nessa área.

É também a pioneira a se graduar fora do Estado do Amazonas. Isso porque o curso foi ofertado pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), na modalidade a distância (EAD), por meio da Universidade Aberta do Brasil (UAB).
Elizeu é o primeiro da família a cursar nível superior (Foto: Mágila Campos/SEE)
Elizeu Linhares Sombra é o primeiro dos onze irmãos a obter um título de nível superior. Emocionado, ele conta que o diploma representa a conquista de toda a família.

“Sou filho de seringueiro, como a maioria dos formandos, e este é um momento histórico e especial nas nossas vidas. O sentimento é de gratidão e felicidade, porque na minha casa sou o primeiro que está concluindo uma faculdade. Então, eu represento a conquista de todos”, comemora.

A graduação é fruto da parceria do Acre, com o Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE).

Durante os quatro anos do curso, os acadêmicos tiveram apoio e suporte do Centro Estadual de Educação Permanente (Cedup), que pertence à SEE em Tarauacá.

Na solenidade de outorga de grau o secretário Estadual de Educação, Marco Brandão, felicitou os formandos e destacou os esforços do governador Tião Viana em proporcionar aos acreanos além do ensino básico, também o ensino superior.

“Essa colação é fruto de um trabalho que começou anos atrás, buscamos firmar parcerias com outros estados como o Amazonas para que pudéssemos ofertar na nossa região, ensino superior de qualidade, e hoje estamos colhendo os frutos”, ressalta.

O diretor do Centro de Educação a Distância, da Ufam, Evandro Moraes, disse que a formatura significa uma extensão da universidade para outras localidades brasileiras.

“Estamos consagrando nesta noite a boa relação entre dois estados, que se uniram para trabalhar em prol da formação dos seus cidadãos. Para a Ufam é uma honra poder ajudar os acreanos a fazerem uma faculdade sem precisar sair de suas cidades. É uma parceria que pretendemos fortalecer e ampliar”, destaca.
Por: Mágila Campos