sábado, 1 de julho de 2017

Rio Branco, 150 presos do regime semiaberto deixam saem sem autorização após boatos de ataques

Detentos do regime semiaberto deixaram unidade sem autorização após boatos de ataques (Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre)
Diretor diz que detentos da UP4 ficaram com medo e retornaram para casa na noite de quinta (29). Presos devem pernoitar normalmente na unidade nesta sexta (30).
Após boatos de ataques, 150 presos da Unidade Prisional 4, conhecida como “Papudinha”, que haviam retornado ao presídio para o pernoite ficaram com medo e decidiram sair do local sem autorização. O caso ocorreu na noite de quinta-feira (29), por volta de 20h. A situação foi confirmada pelo diretor da unidade James dos Santos.

Os detentos temiam uma nova tentativa de invasão como a que ocorreu na UP4 em 18 outubro de 2016. Na ocasião, 25 membros de uma facção criminosa armaram uma emboscada para que presos que chegavam no local. Quatro pessoas ficaram feridas e um criminoso foi preso.

“Eles estavam no local, surgiram os boatos em grupo de WhatsApp e decidiram sair em autorização da administração e nem da Justiça. Já foi determinado pela juíza que eles retornem normalmente à unidade hoje [sexta,30]”, diz o diretor.

Santos conta ainda que é provável que os boatos tenham surgido entre os próprios detentos. Segundo ele, ao menos 220 presos do regime semiaberto cumprem pena na unidade.

“Se eles não voltarem como determinado o nosso trabalho é informar isso para a Justiça e a juíza é quem vai determinar se vão tomar alguma providência. Nesse momento a situação é normal e foram somente boatos, não houve qualquer ataque”, afirma.
Por Quésia Melo, G1 AC, Rio Branco