sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Expoacre 2017 movimentou mais R$ 102 milhões em negócios, aponta balanço

Volume de negociações neste ano foi aproximadamente 78% maior que a do ano passado, segundo o governo do estado.
Balanço foi divulgado nesta quinta-feira (3) durante coletiva em Rio Branco (Foto: Sérgio Vale/Secom-AC)
A edição deste ano da Expoacre, principal feira de agronegócios do estado, contabilizou um montante de R$ 102,9 milhões em volume de negócios nos mais diversos setores econômicos. O balanço foi divulgado nesta quinta-feira (3) em coletiva de imprensa com Governo do Estado e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Incluem no montante os setores bancários, leilões, veículos, alimentação e bares, comércio e serviços, indústrias, produtos agrícolas e ainda ambulantes. Em comparação com o ano passado, quando o volume foi de R$ 57,9 milhões, houve um aumento de aproximadamente 78%, segundo o levantamento.

Os bancos sozinhos representaram neste ano R$ 49,2 milhões em negócios, sendo consolidados como os principais destaques da Expoacre. O setor da indústria aprece logo em seguida, com R$ 32,5 milhões. Já os veículos representaram R$ 7 milhões.

O diretor-superintendente do Sebrae, Mâncio Lima, considerou a feira como um “divisor de águas” para o órgão, levou uma forma diferenciada de atendimento, estando presente em vários setores.

“O conceito do estande era de levar inovação aos nossos clientes. Queríamos mostrar que era possível vários negócios acontecerem no mesmo lugar. Foi uma feira que teve resultados muito positivos para nós e nossos parceiros”, disse.

O governador Tião Viana (PT) concordou e afirmou que a feira foi um sucesso. “O resultado foi muito bom, a vitória é de todos. Tivemos a microeconomia, grandes negócios, empresas agropecuárias presentes. Eu espero que o ano que vem seja ainda o ano mais bonito da história da Expoacre”, finalizou.
Por G1 AC, Rio Branco