terça-feira, 12 de setembro de 2017

Na Sessão ordinária desta terça-feira os vereadores cobraram do poder Executivo, ações que beneficiem a população

O que nós estamos falando aqui é a realidade vivenciada pelo povo Tarauacaense, percebemos que as pessoas estão insatisfeitas”, afirmou o presidente, Carlos Tadeu.

A Câmara Municipal de Tarauacá realizou, na manhã desta terça-feira (12), mais uma Sessão Ordinária, da 14° Legislatura. A sessão que foi bastante movimentada, contou com a presença dos vereadores Ezi Aragão (PT), Raquel de Sousa (PT), Janaína Furtado (REDE), Diógenes Fernandes (PSD), Cacique Nasso (PC do B), Lauro Benigno (PC do B), Valdor do Ó (PMDB), Neirimar Lima (PDT), Príncipe (PT) e o Presidente da Casa Legislativa, Carlos Tadeu (PC do B).
Os parlamentares se pronunciaram sobre ações que precisam ser tomadas para melhorar a vida da população, principalmente em relação os recursos para construção de obras, ônibus hospitalar que estão sendo devolvidos aos Ministérios, bem como, as precárias condições das vias urbanas, além de ações nas áreas da Saúde, Educação, Assistência Social e Agricultura. "Entendo que todo novo governante precisa de um tempo para colocar a casa em ordem e, depois, pôr em prática seu plano de governo. Já se foi mais de oito meses que a Prefeita assumiu e, está na hora de nosso povo começar a se beneficiar das melhorias prometidas. CHEGA DE TAPAR O SOL COM A PENEIRA", enfatizou Carlos Tadeu (PC do B). Segundo ele, os 11 vereadores Tarauacaenses são representantes do povo e não podem ir contra aqueles que os elegeram e por isto tem que continuar denunciando e cobrando melhorias.

É uma vergonha a situação das ruas, principalmente no centro da cidade, sem falar nos bairros, que estão cheias de buracos, prejudicando o trânsito e ocasionando avarias nos veículos. A população nos cobra nas ruas, pois fomos eleitos para fiscalizar”, continuou o vereador que disse também não dar mais para aceitar a desculpa que o problema está nas licitações. O parlamentar ressaltou ainda que precisa saber sobre a produção de tijolos da cerâmica municipal. Em seguida, denunciou a falta de compromisso da Administração Municipal, no que diz respeito, ao descaso e abandono que se encontra a quadra de grama sintética do bairro da Praia. “A falta de iluminação na localidade, insegurança e total destruição da área de lazer, conhecida antigamente como Cracolândia, que a Gestão anterior mudou a realidade do ambiente com a Construção de uma Unidade de Saúde, uma biblioteca e a quadra de grama sintética e hoje está má administração que estar ai a frente, simplesmente não respeita o nosso povo do bairro da Praia. Estão guardando e economizando dinheiro para que, para o ano que vem é, que é ano político”, perguntou o vereador Príncipe (PT).

A reclamação do vereador Cacique Nasso (PC do B) foi contra a Prefeitura de Tarauacá em devolver os recursos federais, como uma forma de brincar com a cara da população Tarauacaense. “A prefeita precisa organizar sua equipe e pedir comprometimento da mesma, além de buscar ações de melhorias para o nosso Povo. Peço que a Gestão traga Saúde de qualidade e fortalecimento da Educação. Estamos aqui para ajudar no que for preciso, sem olhar lado partidário, pois a eleição já passou. E para encerrar, quero falar que a Assessoria Municipal Indígena que foi criada, por lei, na gestão anterior, e que hoje chamaram pessoas sem nos comunicar para trabalhar, simbolizando uma total falta de respeito com os Povos Indígenas”, alerta.

O vereador Raquel de Sousa (PT) falou sobre a reunião que a Câmara teve com a Secretaria de Planejamento, a qual fora convidada para uma reunião de prestar informações ao planejamento da Gestão Municipal na aquisição de máquinas e equipamentos, bem como, as obras públicas que estão em andamento ou em fase de processo licitatórios, porém, compareceram a reunião mais seis secretários que segundo, o parlamentar foi muito bem aceita a atitude dos mesmos, por outro lado, criticou a falta de respeito e de postura de um secretário em tratar os parlamentares na brincadeira ou até mesmo sem dar valor/importância. De acordo com ele, o mesmo acontece com a população que procura a administração municipal para obter alguma informação ou serviço. “Eu não sei qual foi o mito que espalharam nos departamentos da Prefeitura de que vereador não é autoridade e não deve ser tratado com o devido respeito. Nós fomos eleitos para fiscalizar o Executivo e, quando convidamos um Secretário, merecemos respeito e não sermos respondidos de forma irônica e com indiferença. Na reunião de ontem, fiquei pasmo, quando perguntei o Secretário o que iriam fazer com um determinado recurso que já está em conta. E o mesmo respondeu, de forma brincalhona: Eu estou vendo ainda qual o paraíso fiscal que vou mandar o dinheiro, esta foi a resposta do Secretário. Se isso acontece conosco, imagina o que não fazem com nosso munícipe?”, afirmou o parlamentar.
Raquel de Sousa falou ainda, sobre inauguração da UBS Marília Vieira, no bairro Corcovado, onde a Administração Municipal está realizando o ato, com o básico de equipamentos que usavam na antiga UBS, sem ao menos, aparelhos para serviços de odontologia.

Em seguida, fez uso da tribuna, o vereador Lauro Benigno (PC do B) indagando a respeito da inauguração da UBS do Corcovado que fora inaugurada sem equipamentos e materiais adequados para oferecer atendimento de saúde aos moradores do Corcovado e Conquista. Além disso, o parlamentar mencionou as obras de construções de escolas rurais, que segundo ele, os agentes públicos da atual administração devem esquecer eleição, partido A ou B e mostrar trabalho. “Percebi na reunião de ontem que o povo veio armado para o campo político, dar as ordens aqui dentro desta Casa Legislativa, sendo que aqui quem “Fala mais alto são os vereadores. Quero finalizar, que somos onze vereadores que foram eleitos pelo o Povo, porém, quando convidamos para cobrar melhorias para a população, alguns se omitem e quando participa, assim que termina já correm para levar as informações para a Prefeitura, uma atitude vergonhosa e de uma falta de respeito com os Tarauacaenses”, concluiu.

A vereadora Janaína Furtado (REDE) foi à tribuna e mostrou toda sua indignação com a resposta da equipe, durante a reunião na última segunda-feira, 11, quando a mesma perguntou sobre a situação das Unidades de Saúde do bairro Cohab, Esperança e Comunidade do Tauary que já estão com dinheiro em conta para inicio das obras e que a equipe respondeu que a Gestão Municipal não dispõe de recursos para a contrapartida da construção das UBS's. “Tenho documentos em mãos que COMPROVAM que a gestão já fez o procedimento administrativo de forma errada, tomou decisão de forma UNILATERAL e IRRESPONSÁVEL, e disse que iriam devolver os recursos, sem ao menos comunicar o Conselho Municipal de Saúde e a Câmara de Vereadores. Quem esquece o Povo, em seguida, é esquecido. Este Governo que está ai eu ajudei a construir, porém, jamais vou me calar perante estes desmandos que estão acontecendo em nossa cidade. Continuo a mesma Janaína Furtado de antes, e não deixar de conversa com qualquer secretário dessa cidade, simplesmente porque alguém não concorda com a forma que conduzo o mandato. Quero registrar mais uma vez, a minha colaboração, uma participação ativa, de uma mulher de coragem, que não quer atrito com ninguém e que só almejo a Paz”, explicou.

Janaína Furtado exemplificou ainda, que vai buscar informações junto ao Presidente do Conselho e, em seguida, será resolvido nas conversações, e caso contrário, serão tomado medidas judiciais.

PROPOSIÇÕES
Do Gabinete do Vereador Príncipe (PT) veio o Pedido de Providência de N° 087/2017que pede que a Prefeitura providencie reparos e iluminação na quadra de grama sintética do bairro da Praia. Já o Pedido de Providência de N° 088/2017 pede que a Prefeitura, através da Coordenação de Iluminação Pública instale lâmpada no poste localizado no final da Rua Simão Leite Damasceno, bairro Senador Pompeu.

Do Gabinete do Vereador Raquel de Sousa (PT) veio o Requerimento de N° 084/2017que pede que a Prefeitura informe a esta Casa Legislativa qual a função da Servidora Anazira Cassio da Silva Correia Palazzo e o setor da mesma na Prefeitura de Tarauacá.
Assessoria de Comunicação da Câmara de Tarauacá