quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Tarauacá: Escola no Rio Muru é alvo de ataques criminosos

Mais uma vez a Escola Pedro Ferreira de Souza, localizada na Comunidade Monte Belo – Rio Muru é alvo de ataques criminosos. No último dia 19 do corrente mês, meliantes atearam fogo pela segunda vez na mesma unidade de ensino. O imóvel que teve perca total era uma residência doada por um morador da referida localidade que se comoveu quando em uma mesma situação anterior, outra escola havia sido incendiada e os alunos teriam ficado sem um local de estudo.

Diante dos fatos, a Secretaria Municipal de Educação registrou Boletim de Ocorrência nas duas situações, da escola incendiada no mês de Abril 2017 e neste último crime, em outubro do mesmo ano, porém até o momento as autoridades competentes pela investigação, não informaram os possíveis autores do crime, até mesmo para que o município tome providências de ressarcimento ao patrimônio público. O Boletim de Ocorrência da Unidade Escolar incendiada em Abril foi registrado no dia seguinte 02/04 na Delegacia de Polícia de Tarauacá. 

O segundo crime de incêndio na mesma escola ocorrido no último dia 19/10 foi registrado na Delegacia de Polícia de Tarauacá, no dia 21 de Outubro do corrente ano. O saldo negativo nessas circunstâncias culminou com um total de 32 alunos fora de sala de aula faltando pouco para finalizar o ano letivo. A próxima unidade escolar que poderia atender essas crianças se torna inviável diante da longa distância entre um local e outro.
De acordo com o Secretário Municipal de Educação, Rosenir Arcênio, para que os alunos não sejam prejudicados, “vamos encaminhar uma equipe de profissionais para a zona rural e fazer uma aula diferenciada e aplicar alguns trabalhos para avaliação final” , disse. Ainda de acordo com secretário Rosenir, o início a construção unidade escolar, no momento, é impossível diante do curto espaço de tempo que temos para concluir o ano letivo.

Assecom/Tarauacá