domingo, 1 de outubro de 2017

II Festival da Farinha de Cruzeiro do Sul encerra com escolha da Musa do evento

Mais de 50 jovens se inscreveram, dez foram selecionadas para a grande final e a ganhadora da noite foi Dandara Santana

 
 Foram quatro noites de uma grandiosa festa , que reuniu empreendedorismo, desenvolvimento econômico, lazer e o resgate cultural de Cruzeiro do Sul. O II Festival da Farinha, que aconteceu de 27 a 30 de setembro, encerrou na noite deste sábado com a escolha da Musa do Festival 2017. Durante todas as noites o público cruzeirense compareceu em massa para prestigiar o evento. 
Muita música, cantores regionais, capacitações na área de mandiocultura para os agricultores, vendas de comidas típicas, e o principal: a produção da farinha e de seus derivados sendo feitos na hora, para que o público conhecer de perto todo processo, fizeram parte das quatro noite de evento, além de diversas outras apresentações. 
A atração da noite foi a escolha da Musa do Festival da Farinha 2017. Mais de 50 jovens se inscreveram, dez foram selecionadas para a grande final e a ganhadora da noite foi Dandara Santana. A faixa foi entregue pela musa eleita no I festival, Gleice Costa, que carregava a coroa há quase 20 anos. Dandara falou da satisfação e representar o município como musa do evento.“Me sinto muito feliz e honrada de estar representando todas as mulheres e meninas que disputaram junto comigo.Fico muito honrada e agradecida por representar essa atividade tão linda que faz parte da cultura da nossa cidade. Só tenho a agradecer ao prefeito e toda equipe que trabalhou incansavelmente para proporcionar essa linda festa”, declarou a musa.

Foram premiadas ainda os 2º e 3º lugares, além da miss simpatia, que foi eleita pelo público presente, levando a faixa a única representante da zona rural Ana Paula Moraes.“Me sinto muito lisonjeada, pois apesar de morar no ramal, estou competindo com tantas meninas da cidade consegui ficar em 4º lugar. Foi muito difícil, mas miss simpatia é um lugar muito bom e isso me deixa muito feliz”, falou a miss simpatia.

A secretária municipal de cultura, esporte, turismo e lazer Dayana Maia, atribuiu o sucesso da festa à união de esforços de todas as secretarias do município e ao público que abraçou a festividade. “A avaliação que a gente faz do festival com certeza é um sucesso absoluto de público. A população compareceu durante todas as noites, terminamos o festival com a escolha da Musa do Festival da Farinha 2017. Com certeza a prefeitura se sente honrada de revitalizar uma importante iniciativa cultural como é o festival da farinha, após quase 20 anos”, destacou.

O gerente adjunto do agronegócio do Sebrae, Francinei Santos, falou a importância da instituição apoiar eventos como este que fomentam a economia local.“Tivemos mais de 80 micro e pequenos negócios, empreendedores individuais, agricultores da agricultura familiar expondo , produzindo, comercializando, melhorando sua renda e abrilhantando um evento tão importante e lindo que resgata a historia e cidadania da cidade de Cruzeiro do Sul”, enfatizou. 

O prefeito Ilderlei Cordeiro agradeceu a grande presença do público cruzeirense e de todos os agricultores que participaram da festa, dando ainda mais brilho ao evento.

“O Festival da Farinha é o resgate da nossa cultura, do nosso trabalho, da nossa determinação e de todos os agricultores. Essa festa é para todos nós, os que são produtores da farinha, aos consumidores, estão de parabéns. Uma festa que é para família, um momento importante para o desenvolvimento da região, com muitos turistas vindo para cidade, e o principal, apenas duas ocorrências policiais foram registradas durante todas essas noites. Todos os anos iremos fazer essa linda festa até o final da minha gestão e creio que os demais prefeitos também irão dar continuidade”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Comunicação