terça-feira, 28 de novembro de 2017

Reforma da Unidade Penitenciária Moacir Prado já foram iniciadas

Como parte das ações para fortalecer o Sistema Penitenciário Estadual e demais aparelhos da segurança pública, o governo tem investido na melhoria da estrutura física das unidades prisionais. Em Tarauacá, por exemplo, as obras de reforma e ampliação da Unidade Penitenciária Moacir Prado já foram iniciadas.

O valor total investido é de R$ 4.204.130,52., recurso que vai garantir um aumento de 250% do número de vagas – atualmente, a unidade tem capacidade para 80 presos. Paulo Dantas, arquiteto do Instituto Penitenciário do Acre (Iapen), explica que o projeto inclui a construção de um novo bloco controlado por câmeras e sensores de movimento, elevação da muralha e ampliação dos espaços já existentes, entre outras intervenções.

De acordo com o diretor-presidente do Iapen, Martin Hessel, os investimentos continuarão a ser executados para a melhoria da eficácia no sistema. “Em Cruzeiro do Sul, a reforma também já está em andamento, em Senador Guiomard já foi concluída, e em Rio Branco está prestes a ser dada a ordem de serviço.”

Mais investimentos

Recentemente, 1.045 coletes foram entregues ao instituto, além de um investimento de R$ 2 milhões em equipamentos como materiais de informática, mobiliário, aparelhos de ar-condicionado, veículos, aparelhos de raios-X para a unidade prisional de Feijó e Body Scan (scanner corporal) para o presídio Manoel da Silva Neri, em Cruzeiro do Sul.

(SECOM/ACRE)