segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

TARAUACÁ: ALÉM DAS FORÇAS DE SEGURANÇA, FACÇÕES RIVAIS TAMBÉM “CAÇAM” OS 15 PRESOS AINDA ESTÃO FORAGIDOS DO PRESÍDIO MOACIR PRADO

Oito dias após promoveram a maior fuga da história do presídio Moacir Prado de Tarauacá, somente cinco dos vinte presos que arrombaram a cela e fugiram, foram recapturados. A fuga aconteceu na madrugada do dia 11/12. 

Agentes penitenciários continuam fazendo incursões em regiões onde os fugitivos poderiam estar escondidos, principalmente em ramais e colônias da BR 364, destino Cruzeiro do Sul, porém, sem sucesso.

Um agente que preferiu não se identificar disse ao Portal Tarauacá, que as dificuldades são muitas, pois, falta apoio logístico para a realização das buscas. Até combustível já faltou. Ainda de acordo com o agente, os presos foragidos estão sobrevivendo, do que estão roubando os pequenos agricultores. Outra informação importante é que além dos agentes penitenciários esses foragidos estão sendo “caçados” também, por uma facção criminosa rival com o objetivo de matá-los.

A mãe de um dos presos declarou ai site que eles fugiram para não morrerem dentro do presídio. “Meu filho fugiu com medo de ser morto dentro do presídio. O espaço em que eles estavam dentro da unidade era uma espécie de isolamentos dos que estariam marcados para morrer por causa da guerra entre as facções que dominam o presídio”, comentou.
Portal Tarauacá