sábado, 13 de janeiro de 2018

TARAUACÁ: EM NOTA, PRESIDENTE DO MDB DIZ QUE GRUPO QUE QUER “SUA CABEÇA” AINDA CONSERVA RESQUÍCIO DA ÚLTIMA ELEIÇÃO DO DIRETÓRIO

Em nota, o presidente do Movimento Democrático Brasileiro – MDB de Tarauacá, Mirabor Leite, que teria sido afastado por membros da executiva do partido sob a alegação que estaria contribuindo para o crescimento da agremiação no município, acusa o grupo de ilegítimo, que se reúne secretamente e que continua insatisfeito e conserva os “resquícios” da última eleição do diretório. Disse ainda, que os mesmos acusam o presidente de falta de habilidade para negociar a participação no governo municipal.

LEIA A NOTA DE ESCLARECIMENTO
O Presidente do Movimento Democrático Brasileiro – MDB de Tarauacá, diante das especulações e matérias veiculadas nos meios de comunicação vem a esclarecer que:

A reunião convocada pela executiva em 05/01/2018 tinha como pauta a formação de uma comissão a ser eleita democraticamente por todos os membros do Movimento para representa-lo nas articulações ao decorrer da pré-campanha das Eleições de 2018.
No entanto, um grupo composto por oito membros, surpreendentemente, apresentou um pedido de renuncia do presidente, alegando que o Movimento estava inoperante e sem espaço nas gestões Municipal e Federal, por falta de habilidade. Sabedor que essa insatisfação é “resquício da eleição do Diretório;” apesar de um entendimento à época da eleição (proposto por esse grupo por entender que não ganhariam uma disputa) de coalizão de chapas, “mesmo assim os integrantes continuaram fazendo reuniões às escondidas”. Depois de ouvir a todos, PROPUS aos mesmos a se organizarem melhor, filiando novas pessoas para o engrandecimento do Movimento e, consequentemente, participarem de uma eleição na data oportuna. Lamentando a falta de união por coisas pequena, encerrei a reunião. Vale ressaltar que a Nota publicada por esse grupo nos veículos de comunicação e “supostamente assinada pelo vice-presidente, Lauro Bayma,” é de “total desconhecimento do mesmo,” uma vez que sequer estava presente na reunião e no município e também confirmado pelo próprio, por telefone.

Atenciosamente
MIRABOR LEITE
PRESIDENTE DO MDB/TARAUACÁ