sábado, 14 de abril de 2018

SINTEAC REALIZA ASSEMBLEIA GERAL DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO

Aconteceu na tarde desta sexta-feira (13), no auditório do Sinteac de Tarauacá, mais uma assembléia geral dos trabalhadores em educação da rede municipal, a primeira do ano de 2018.

Na oportunidade foram feitos alguns informes sobre o reinicio das aulas de violão para associados e dependentes, aulas de danças, aeróbica e hidroginástica, projeto que ensina as crianças a nadarem etc… Em seguida foi apresentada a pauta, que se tratava da data-base dos servidores do ano 2018, onde os dirigentes do Sinteac puderam expor aos associados às receitas do Fundeb e posteriormente discutirem, aprovarem e deliberarem por uma proposta de negociação para apresentar junto a Prefeitura Municipal e Seme.

“Já está se aproximando o mês de maio, mês de data-base, o mês que os trabalhadores escolheram para negociarem seus salários e conquistas, convocamos nossa categoria para conjuntamente decidirmos qual a melhor proposta a apresentarmos aos nossos patrões, alem de deliberarmos sobre outros assuntos de interesse da categoria”. Disse o presidente d Sinteac Lauro Benigno.

Ao final após apresentados os números e receitas do Fundeb municipal, estes chegaram ao entendimento de que em virtude das variações das receitas, houve um crescimento significativo, e deliberaram em pedir junto à prefeitura o seguinte:
Reajuste de 12% de aumento linear a todos os servidores.
Reformulação do PCCR municipal.
Equiparação salarial dos servidores de apoio, e pagamento do retroativo dos últimos cinco anos (ação Judicial).
Que os servidores no cargo de vigia, que segundo a prefeitura este se encontram como cargo em extinção, e, portanto devem migrar para outras funções, decidiu-se que estes não devem ter percas salariais.
Que pautarão uma discussão sobre o pagamento dos precatórios do plano Bresser (ação judicial).
Que estaremos atentos a realização de um novo concurso publico municipal para educação.
Que acompanharemos de perto o inicio do ano letivo na zona rural.
Que assim como já vem sendo feito, estaremos acompanhado as obras de revitalização de alguns prédios escolares, é o caso da escola Rilza Daniel e 15 de junho.
Que iremos requisitar o imediato pagamento dos 45 dias de férias dos professores do município (ação judicial).

Em seguida deu-se a reunião por encerrada, onde todos aprovaram as propostas, e em votação unânime deliberaram pela a leitura e confecção da ata da reunião, e posterior comunicado do resultado da mesma a Seme e prefeitura municipal.
 SINTEAC