sexta-feira, 25 de maio de 2018

Juíza pede vistas em processo de cassação da chapa do prefeito de Cruzeiro do Sul

O processo contra o prefeito e o vice de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro e Zequinha Lima, respectivamente, ambos do Progressistas, foi para a geladeira do TRE/AC, após um pedido de vistas da juíza Olívia Maria, durante a sessão da Corte nesta quinta-feira, dia 24.

O pacote processual corre em segunda instância, sob a acusação da prática de crime eleitoral, durante as eleições de 2016, quando a chapa foi eleita para comandar a segunda maior cidade do Acre. Os políticos são acusados de compra de votos.

Em julgamento em primeira instância, a juíza Adamárcia Machado considerou improcedente a denúncia e desqualificou o áudio que teria sido gravado sem autorização da Justiça, como prova no processo.

Na gravação, o ex-prefeito Vagner Sales e o atual prefeito Ilderlei Cordeiro estariam negociando a desistência de um candidato a vereador do PSDB de Major Rocha, que na ocasião lançou a candidatura de Henrique Afonso à prefeitura de Cruzeiro do Sul.
Fonte: ac24horas