sábado, 4 de agosto de 2018

“Em nenhum momento a minha candidatura foi retirada”, diz Ulysses Araújo

“Em nenhum momento a minha candidatura foi retirada”, disse Coronel Ulysses Araújo na manhã desta sexta-feira, 03, ao anunciar em coletiva na sede do PSL, seu partido, que não desistiu de concorrer ao governo do Acre. O PM desistiu de desistir após enorme pressão nas redes sociais e de aliados.

“Nada havia parado. Quero dizer que eu Passei dois dias em meditação. Não estava atendendo o telefone.”

Ulysses afirmou que a imprensa foi enganada por boatos. Informações que, aliás, foram repassadas por seus apoiadores. Ele negou que tenha negociado sua candidatura.

“Vocês foram enganados por informações que não eram verdadeiras. De tudo que foi passado na imprensa. Só quem fala por mim sou eu mesmo. Foi colocado que nós estávamos em conversa.
Em nenhum momento sai para negociar qualquer coisa. Em nenhum momento houve negociata de dinheiro. Cinco milhões, 100 milhões não compra nossa honra.”

Ulysses acrescentou que não chegou a um consenso com Gladson Cameli porque o conteúdo do candidato progressista é diferente do dele.

“Nosso conteúdo programático não é o mesmo. É diferente.Eles defendem Alckmin. Nós defendemos Bolsonaro. Nós somos a verdadeira mudança para o Acre.”
Ac24horas