terça-feira, 14 de agosto de 2018

Tarauacá: Câmara aceita pedido de impeachment de Marilete Vitorino

Oito dos onze vereadores de Tarauacá votaram pela admissibilidade do pedido de investigação contra a prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino ( PSD). O pedido de imepimpeach foi apresentado pelo servidor público Rodnei Sombra. 

Ao protocolar o pedido de investigação que pode levar a perca do mandato da gestora, Rodnei afirmou que a gestora cometeu crime de decoro ao proferir a frase: ” se morrer não faz falta”. Também fazem parte do pedido de impeachment, o caso em que a gestora passou o cargo de gestora ao procurador jurídico do município. Ele lista ainda, que o mesmo sequer reside na cidade. 

Outra motivação do pedido de investigação diz respeito a demissão de trabalhadores, falta de medicamento na farmácia do município, enquanto Marilete mantém vários cargos comissionados ganhando salários altíssimo. 

Todos os vereadores que estavam presentes na sessão ordinária desta terça-feira (14) votaram favorável ao recebimento da denúncia: Lauro Benigno ( PCdoB), Janaina Furtado ( Rede), Carlos Tadeu ( PCdoB/ presidente), Raquel Souza ( PT), Príncipe ( PT), Veinha do Valmar ( PDT), Radamés Leite ( PSB) e Ezi Aragão ( PT). 

O próximo passo será formar uma comissão parlamentar de inquérito, para investigar e garantir o amplo direito de defesa da acusada. 
Por Leandro Matthaus